28 de set de 2007

Ser ou não ser?

Medo de ser

No início, eu tinha medo
Do escuro, de bruxa, de monstro,
De não ganhar presente no natal
Já tive medo de crescer, de ser muito feio,
Ficar muito alto, muito baixo,
Muito magro, muito gordo
Já tive medo de reprovar na escola,
De fazer feio no primeiro beijo,
Falhar na primeira vez
Já tive medo da morte
Hoje tenho medo da vida
Do hoje, de amanhã,
De só sonhar sem realizar,
Querer sem poder,
Sentir sem prazer,
De me esquecer,
De te perder,
De ser.

16 de set de 2007

Rápido... Devagar...

Pressa e   c a l m a

Agoraeutenhopressade
Chegaraestaçãomaisfria
Pressadeandarnachuva
Emboacompanhia
Pressadeveromar
Deveromundo
Tãoduroebravo
Quantocoraçãodevagabundo

Correqueeutenhopressa
Dedestoaracançãomaisbela
Atenuarosmimosdocasal
Maisfelizdapassarela
Correqueeutenhopressa
Devoltarcommeuamormaisdorido
Colocartodososilícitos
Dentrodeumsócomprimido

Nem   mais   guapo   nem   mais   tátil   que   o   seu
Só   quero   a   certeza   de   um   amanhã   viril
Mas   calma   que   eu   vou   tranqüilo
Pois   meus   amigos   são   todos   humanos
E   eu   tenho   a   ligeira   impressão
De   que   eu   não   sou   daqui.



15 de set de 2007

Leo e o Mar

Mar, meu amigo Mar

O Mar, a pé, veio aqui
Pra me dizer que
Suas ondas trazem mais
Lágrimas que os meus choros

O Mar, tão grande, veio aqui
Pra me contar que
Os meus sonhos mais
Bonitos cabem n'uma concha

Me presenteou com
A sua mais bela cor
Junto com o céu do
Entardecer mais calmo do ano

E quem sou eu que
Ganha presente do mar?
Quem sou eu que
Vem aqui pra me encontrar?

O Mar, gentil, veio aqui
Pra me consolar:
__Calma menino!
Espera que a noite já vai chegar!