16 de dez de 2007

Quando a dor já não dói mais

Pôr do Sol

Vem, vem ver o sol se pôr
Junto com meu amor
Que veio te buscar
E você rejeitou

Vem ver o tempo passar
E eu em nenhum lugar
Pra ver o céu cair
Pro mundo acordar

Vem ver quem se foi voltar
E quem ficou chorar
Sentindo o chão tremer
Quando a dor já não dói mais

Vem, vem ver o sol se pôr
Junto com meu amor
Que veio te buscar
E voce rejeitou

Vem ver o outono chegar
E eu em nenhum lugar
Pra ver sua flor cair
Pra eu poder ficar

Vem ver quem se foi voltar
E quem ficou chorar
Sentindo o chao tremer
Quando a dor já não dói mais.

11 de dez de 2007

Palavras que todo mundo já disse...

Um pouco mais das mesmas palavras

Eu quero falar de alegria
Eu quero gritar qualquer jargão
Comemorar a cada poesia
Como se já fosse canção

Quero te ligar a qualquer hora
Mesmo sem ter nada pra dizer
Só pra fazer maior sentido
Cada instante sem te ver

Quero falar qualquer besteira
Coisas que todo mundo já falou
Fingir que é tudo brincadeira
Pensar o que o mundo já pensou

Quero te encontrar na sua rotina
Goiânia, Rio, São Paulo, Maringá
Seguir segundo o acaso assina
Arriscar, jogar tudo pro ar.

Vácuo

A falta


...





































A intensa sensação de sentir nada,
De faltar tudo, de sentir falta,
Preencher as lacunas, levitar,
Se omitir à indifirença, exagerar,
Causar repetição, fingir,
Pedir a atenção do público, exigir...
Mas cadê o público?
O público foi embora!
O público não quis esperar!
Ninguém espera tanto tempo assim...
Ninguém resiste tanto tempo assim ao
VAZIO.