28 de ago de 2007

Como eu escrevo...

A comédia triste

Ontem eu escrevi uma comédia triste
Que falava de amor... e de dor
Um faz-me-rir sem graça nenhuma
Tumulto de risadas sem razão
Desabrochar de um excesso de desatenção


E já escrevi um romance sem final feliz

Não haviam estrelas, nem lindo pôr-do-sol

Tampouco houve beijo apaixonado no final

Mas restaram boas lembranças

Dos olhos que já brilharam de contento


E eu escrevo ficções verdadeiras,
Usando frases pensadas e retóricas

Que as vezes não representam nada p'ra ninguém

Além de mim mesmo... Quanto narcizismo!

Mas talvez seja muito mais limitação


Tudo isso porque escrevo sobre a vida

Sobre a minha vida... e a sua

E a vida real nao é como nos livros d'infância

Nós respiramos de verdade, sonhamos...

Choramos... e choramos... e rimos...


De uma comédia triste sem final feliz.

3 comentários:

lucianahidemi disse...

toda boa historia n tem final feliz =)
por isso minha vida n tem uma boa historia... hhahah

gatchêeeeenho!

=*

Coffeetea disse...

hy there. just wanted to say hello. i've noticed that you are writting all your blog in spanish. well, i do it in romainian. but maybe we can keep in touch. you seem a nice guy, and as far as i can speack spanish, with an interesting life. take care and.. waiting for an answer.
andreea

Andre disse...

Hmmm olha só!!! relembrando os velhos tempos ein garoto! eu ja tinha visto esse poema seu nao sei quando.. mas ele é bom! =]
e é isso ai! boto fé em um livro deve ser bom escrever um livro e ver ele sendo publicado.. mas tem q ter paciencia pra isso ein!
entao paciencia pra vc garotao!