27 de mai de 2009

A comemoração de 1 ano e 9 meses de blog

E desde quando isso é razão pra comemorar?

Acordei com vontade de escrever um pouco mais sobre mim do que quase todo mundo sabe. Acho que não me lembro de ter tido essa vontade de escancarar a porta. Nas vezes que escrevi de mim, escrevi disfarçado de narrador ou me escondi através de um eu-lírico letárgico.

Filho de Leonardo e Cleonice, irmão mais velho de Diêgo, pisciano, nasci em 25 de fevereiro como Leonardo Curcino Alves de Sousa Junior e acabei virando só Leonardo Curcino ou Leo Curcino mesmo (como instituiu o Victão no coletivo manazinabre.blogspot.com, na qual participo todos os terceiros dias do mês, fora algum displicente atraso). Nasci mineiro, virei goiano e agora estou paulistando. Na terra das oportunidades e do caos, formado publicitário, vim buscar meu brio. Os holofotes que sonhava na infância ainda não vieram, nem mesmo o sucesso e a estabilidade, mas veio a independência.

Provavelmente, a publicidade tenha sido mera consequência. A paixão pela arte veio logo cedo. Aos 6 ou 7 anos, dava meus primeiros rabiscos. Aos 10, comecei a pincelar. Depois, vieram o interesse por quadrinhos, literatura, poesia, música e cinema. Acabei me envolvendo um pouco com tudo isso e não me dedicando exclusivamente a nenhum. No fim das contas, artista frustrado, virei Diretor de Arte. A tablet substituiu o lápis e o papel, apesar de minha prática com ilustração ter se tornado quase nula. Meu violão, eu encostei em um canto qualquer. Os quadros que pintei se perderam em uma das mudanças de residência e as tintas guache, nanquim e óleo deram lugar ao Photoshop. Continuo escrevendo com ar de quem não sabe muito onde quer chegar. Geralmente, gosto de me expressar através de poemas, mas me arrisquei a escrever em prosa umas 5 ou 6 vezes. Não gosto de escrever coisas longas. Fico com medo de me perder e a história perder o ritmo, a graça e o rebolado.

Costumo falar que meus poemas são semi-poemas ou irregulares e, consequentemente, eu sou um semi-poeta. Não tenho a disciplina dos gregos em escrever seguindo as normas. Não ligo pra métrica, pra rima e pro ritmo. Não me preocupo se minhas estrofes são monostícas, dísticas, ..., quintilhas e assim por diante. Não me preocupo com os antecantos e bordões. Não tenho a menor paciência pra escansão. Prefiro usar e abusar das licenças poéticas e alegorias. Até entendo os conservadores que consideram tal prática irresponsável, mas não me importo, sinceramente.

Nesse 1 ano e 9 meses de blog, escrevi sobre vários assuntos, mas devo concordar que a principal temática foi o amor. O mais curioso de tudo isso é que eu nunca tinha amado, até então. Talvez, tenha gostado de uma ou outra pessoa, o que é normal, mas sempre me inspirei nos romances de filme, casais de amigos, em pontos de ônibus, restaurantes, cinema ou, talvez, no romance que gostaria de viver. Ele veio. Hoje, vejo como muitas coisas que eu escrevi servem pra mim e fazem muito mais sentido agora. Hoje, quase todas as canções de amor fazem sentido. Prova disso é que foram 76 posts e o único texto que não era meu é justamente dela! Mais curioso ainda é que se estamos juntos hoje é principalmente graças a este blog, já que foi através dele que nos conhecemos e através dele que veio o encanto recíproco. Obrigado Volúpia Casual, obrigado por cada palavra, cada data, cada comentário, foi tudo muito válido.

Espero que venham muitos outros anos e meses. Espero que o sucesso venha. Espero que os leitores LEIAM e comentem. Espero que hoje eu não tenha que trabalhar até tarde. Espero que o Corinthians seja campeão. Espero que o romance dure. Espero que a volúpia continue e seja, cada vez, menos casual.

14 comentários:

Victor Carneiro disse...

Que a volúpia seja cada vez menos casual!!!!

Lih disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Victor Meira disse...

"Hoje, quase todas as canções de amor fazem sentido."

Fela.

.carolina gaio disse...

Esse blog é um alegria no dia, que ele continue sempre e sempre.

Philip Rangel disse...

hehehehehehe...conehcendo e aprendendo...

Jairo Souza disse...

\0/ Parbenx por sustentar esse espaço com tanta leveza e dedicação Léo! E q venham mais gratas recompensas!

Murilo Campos disse...

parabens pelos 1,9 anos :-)
com certeza vc é do seleto grupo de da´s que sabem escrever - e mais importante: gostam de escrever

[]´s

Tatiana Garcia Pires disse...

Com certeza vc deve continuar com seu blog! ;) Faz tempo que não passava por aqui. Eu era do containedfury.blogs... mas mudei o endereço agora. http://dissentimentos.blogspot.com/
Já coloquei um link lá pro seu blog, hehe. Até +! Bjus

Aninha Leme disse...

Eiiiiii
Também espero que venham mais anos e meses, e que vc tenha sucesso em tudo o que desejar.
Só não espero que o corinthians seja campeão de mais alguma coisa... argh!
Eu espero que vc tenha muito trabalho, tarde ou não, que você ganhe muito dinheiro e que ele seja fruto do seu sucesso profissional. Por que não também pedir reconhecimento?? Lhe desejo muito disso também.
Enfim, estou aqui apenas desejando pra vc tudo o que eu também desejo pra mim! :-)
Espero que você inclua no layout do seu blog o gadget Add seguidores (hahaha pleaseee, porque eu preciso disso pra poder seguir meus blogs prediletos a cada atualização deles!!!)

Valeu!!
beijos!

Lívia Cristina disse...

Esse blog é tudo de bom, muito bacana mesmo!!! Seja feliz rapazinho! bjão

Sil disse...

PARABÉNS!!!!!!Adoro pessoas inteligentes e bem humoradas.Adorei seu Blog.
Convido vc a visitar o meu Blog TB
www.depoisdodiva.com.br
Sou psicologa e vou adorar ler seus comentarios por lá.
Bjs e boa semana!
Sil

O DEDO DE DEUS NO CU DO MUNDO disse...

belo blog...

Lu disse...

Léo!
Quanta novidade enquanto estive ausente. Perdi a comemoração do aniversário do blog.Mas ó sucesso na sua carreira, alegrias muitas, com seu blog. Mas principalmente desejo felicidades infinitas a vocês dois.
Ame!

信用代款 disse...

銀行貸款,
信用貸款,
房屋貸款,
二胎房貸,
汽車貸款,
企業貸款,
上班族信用貸款,
整合負債貸款,
通信貸款,
房屋轉增貸,
法拍屋代墊款,
中小企業貸款,